Colombo discursa em evento da International Gas Union em Florianópolis

 em Sem categoria

Com a presença de Raimundo Colombo, Governador do Estado de Santa Catarina, teve início nesta manhã o evento da International Gas Union (IGU) em Florianópolis. O encontro, que vai discutir novas alternativas de suprimento de gás natural dos estados do Sul, acontece durante todo o dia na capital catarinense.

Em seu discurso de abertura, Colombo destacou o gás natural como um combustível essencial para o desenvolvimento do estado e instrumento importante no plano de seu governo. “Precisamos ter mais eficiência, competitividade e alternativas de insumo. Nosso produto precisa chegar em qualidade, mas sobretudo ter competitividade para se posicionar no mercado, e neste sentido o gás é fundamental.” O Governador ainda comentou sobre a necessidade de se pensar em novas alternativas de suprimento para o estado, já que o atual contrato de fornecimento com a Petrobras encerra em 2019. “Não queremos abandonar o modelo existente, mas precisamos de responsabilidade para encontrar a melhor forma do estado se desenvolver pelas próximas décadas.”

Cósme Polêse, presidente da SCGÁS, também enfatizou a relevância do combustível como instrumento de desenvolvimento, e valorizou a escolha de Florianópolis como sede do encontro. Quanto ao futuro, garantiu que a Companhia estará envolvida no processo de negociação para garantia de novo suprimento, e mantém o foco para interiorizar a oferta de gás natural no estado, levando progresso e qualidade de vida às regiões que ainda não são atendidas pela rede de distribuição.

A Diretora do Departamento de Gás Natural do Ministério de Minas e Energia Symone Araújo ressaltou, no evento, que o setor do gás natural no Brasil hoje passa por transformações. Para ela, é necessário que todo o setor esteja preparado para este momento de transição, com tendência de ampliação e maior participação de players no mercado, e neste sentido, as discussões em Florianópolis são fundamentais. Por fim, Mohammad Reza Ghodsizadeh, que representa o comitê de trabalho da IGU, que se reuniu na capital catarinense, destacou a importância do gás natural como energético de transição entre os combustíveis fósseis e as fontes de energia renováveis, essencial para minimizar os efeitos da mudanças climáticas e da poluição.

Deixe um comentário

Press registrations